sexta-feira, 6 de março de 2009

Morre Barrosinho da banda Black Rio

Quem não conhece o som da banda Black Rio, não sabe o que está perdendo. E hoje fui surpreendido pela morte do trumpetista fundador, Barosinho.

Morre o trompetista Barrosinho, fundador da Banda Black Rio

José Carlos Barroso, o Barrosinho, lendário trompetista que abrasileirou o jazz e o soul, criador do inconfundível 'Maracatamba' e um dos fundadores da antológica Banda Black Rio, morreu nesta madrugada, aos 65 anos vítima de falência múltipla dos órgãos. O músico estava internado no Hospital Pedro Ernesto, em Vila Isabel, havia 20 dias. O corpo está sendo velado na capela do São João Batista e o sepultamento será hoje mesmo, às 17 horas no mesmo local.

Barrosinho nasceu em Campos e, aos 6 anos, já estudava música por incentivo do pai, o saxofonista Benedito Gomes Barroso. Aos 8 descobriu o trompete. Veio para o Rio de Janeiro no fervilhante início dos anos 60 e tocou nas orquestras de baile e gafieira com Severino Araújo, Maestro Cipó e Paulo Moura. Em seguida, direcionou a boca do seu instrumento para bandas menores e foi ao lado de nomes como Raul de Souza, Sivuca, Robertinho Silva, Oberdan Magalhães e Hermeto Pascoal que ele abriu espaço para o improviso e desenvolveu as artimanhas de solista.

Nos anos 70, convidado por Oberdan, integrou o Grupo Abolição, que era liderado por Dom Salvador. Com a mudança de Salvador para Nova York, Barrosinho criou com o próprio Oberdan e outros instrumentistas talentosos a famosa Banda Black Rio - até hoje uma referência musical porque foi a primeira a abrasileirar o som americano, quando todo mundo fazia o contrário.

Barrosinho tocou e gravou com Maysa, Tim Maia, Gilberto Gil, Raul Seicas, Sandra Sá, João Bosco e muitos outros. Em 1988, lançou seu primeiro álbum solo – 'Maracatamba' - no Festival de Montreaux, na Suiça, só com maracatambas. Nesta década, lançou três discos pela Kalimba, do empresário e amigo Roberto Moura: 'O sopro do espírito' (2001), 'Barrosinho live em Montreaux – 1988 ' (2002) e 'Praça dos Músicos' (2008).

4 comentários:

CSI WANTED disse...

Banda Black Rio é ducaralho!
Tenho todos os albuns, destaque para Maria Fumaca. Som unico!
Vai com Deus Barrosinho.

Quem quiser ver um video bacana da Banda Black Rio:

http://www.youtube.com/watch?v=2Y7GgaHfGGQ

(a cuica feita na guitarra é sem nocao!)

É nóis.

Cordeloucos Recife-PE disse...

É realmente lamentável. Uma perda para a música Brasileira.

Marcos disse...

A banda Black Rio,é uma referência para quem gosta de boa música.
O Somo dos caras é foda...
Descnase em pax Barosinho

Geraldo disse...

tive a oportunidade de tocar com o mestre barrozinho quando esteve em natal/rn lançando seu album "maracatmba", aprendi muito com ele, eternas suadades!!!!

geraldo carvalho ( cantor e compositor potiguar )