quinta-feira, 31 de julho de 2008

FAT BOY SLIM

Acho q o som que o Gralha bota é Fat Boy Slim. Vou consultar o cara

6 comentários:

Rodolfo disse...

ola galera!! to ansioso pelo cd... mas qria mesmo era mostrar minhas letras pra galera ver! cmo eu faço??? já estão registradas as musicas só falta alguem se interessar essa ai é uma;
CONDIMÍNIO PASÁRGADA

EI! VOCÊ QUE TÁ CANSADO
DE VIVER ENCURRALADO
NA SUA CASA
NA SUA PRISÃO...

VENHO! TE MOSTRAR MINHA IDÉIA
E COM ELA FICAR RICO
FATURAR DINHEIRO DE MONTÃO

EI! VOCÊ QUE ESTÁ PERDIDO
PROCURANDO UM CONCEITO
PARA O SER CIDADÃO

VEM! VEM AQUI MORAR COMIGO
POIS CUMPRO O PROMETIDO
O SEU SONHO AQUI NÃO É EM VÃO

CONDOMÍNIO PASÁRGADA
NÃO TEMOS BALA PERDIDA
SATISFAÇÃO GARANTIDA
AQUI SEU FILHO EM PAZ VAI BRINCAR

CONDOMÍNIO PASÁRGADA
NÃO TEMOS CORRUPÇÃO
NEM BANDIDO NEM LADRÃO
QUALIDADE ISO 1MILHÃO

Rodolfo Araújo
olhem com carinho galera se interassar é so contactar..

ivelton kaka super jump disse...

Isso aí rapaz,continue escrevendo!!
Ta indo bem...
Mas eu vou ser sincero:não entendo porra nenhuma de musica,mas vc rima bem.
Boa Sorte Rodolfo!

ivelton kaka super jump disse...

Fat Boy Slim.Já é um bom começo,agora falta o nome dela.
Muito Obrigado!

Evelyn disse...

se nao me engano

chama-se

Praize you

Matheus Borges disse...

A BUSCA DO PORRÃO... PODE TER ALGUM ERRO!
A busca do porrão não é de paz ou de abraço
De grade de foice amarelada não é de cangaço
Não tem cor não tem K.O., nem promessa nem fita nem missa.
A busca do porrão na missão é uma sina
A busca do porrão não faz barulho e não cobra divida
A busca do porrão é a intenção no abraço consternado do pai, no filho pródigo perdoado e presente felicidade que não começa e nem termina no espaço da paz.

Aflição do som do espaço vazio,
O amor que não da pitaco que não da pio
(x2)

A busca do porrão não tem fim, não tem fim, nem finalidade.
Onde é necessária não tem, não tem cidade.
A busca do porrão é a beleza nunca perdida da cidade
Para alem do silencio do gozo da mulher difícil da cidade

O patrão e o encaixe neura do torturado
Pra alem trem o ônibus do pé inchado
Do patrão o encaixe neura do torturado
Foleado café milho e misturado

A busca do porrao vai alem, alem do mal e adão.
Abraço evangelho, evangelho e curtição.
Onde ninguém se perde, luz dramático e sexo.
Não tem traira, não tem canivete.
Sem traira, sem canivete, sem traira sem e canivete.

O legal encontra o razoável
No encaixe neura do torturado
O legal encontra o razoável
Foleado, café milho e misturado.

Alem do papo mudo repetido
Alem da compreensão
Alem do cabelo reague sem discriminação
(x2)

No porrao não se respira
Não se vende não se aplica
O porrão não se respira
O porrão é pura pica
O porrão não se respira
Não se vende não se aplica
O porrão não se respira
O porrão é pura pica

A busca do porrão não tem fim e não faz barulho
(x4)

Em breve minha interpretação em http://viagensrappa.blogspot.com/
Essa vai dar trabalho heim? Letra complexa!

Danielly disse...

Galera... o som eh Joe K - take yo Praise!!!

Valeu!!!

Adorei o show em SLZ... se fat boy slim jah fez esse som, naum sei mas a música foi gravada pelo DJ brasileiro Joe K.